sábado, fevereiro 11, 2006

*Bibliotecas Escolares



O sistema educacional brasileiro apresenta muitos problemas. Dentre eles está o descaso com relação à Biblioteca escolar, que sempre foi vista como um apêndice da escola, depósito de livros aonde na maioria das vezes os alunos vão por obrigação ou como forma de castigo. Infelizmente essa visão é muito comum na sociedade brasileira, por existirem muito poucas bibliotecas que cumprem realmente seu papel . Ao contrário disso a Biblioteca escolar precisa ser vista e transformada num setor intimamente ligado ao pedagógico dentro da escola brasileira, local de cultura, educação e lazer que pode ajudar e muito no processo de ensino/aprendizagem.
São poucas as escolas que possuem realmente uma biblioteca escolar no Brasil, algumas possuem um amontoado de livros didáticos na pior sala da escola e a esse lugar dão o nome de biblioteca, o que é lastimável. A falta de um profissional qualificado agrava ainda mais essa situação, sabe-se que a maioria das bibliotecas escolares tem como responsáveis professoras que estão quase se aposentando, com problemas de saúde ou ainda gestantes, como se a biblioteca fosse um local de descanso e não necessitasse de um profissional apto a gerenciá-la.
A Biblioteca escolar brasileira pode alcançar um grande potencial se os profissionais bibliotecários passarem a se interessar mais por essa área da biblioteconomia que vem sendo deixada de lado desde muito tempo. É preciso revitalizar a biblioteca escolar brasileira, transformá-la num setor fundamental dentro da escola.
Uma parceria dentro da escola precisa ser estabelecida entre bibliotecário, professor e aluno, para que o processo de ensino/aprendizagem possa ser aperfeiçoado. O bibliotecário precisa ser reconhecido como um educador, deve participar ativamente das atividades pedagógicas e procurar, a partir de seus conhecimentos e habilidades, auxiliar tanto os alunos quanto os professores oferecendo subsídios para que melhores aulas sejam ministradas e oferecendo alternativas de pesquisa e leitura aos alunos, além de ser ao lado do professor um incentivador contínuo da leitura, tanto para as crianças quanto para os adolescentes.
O dia em que as escolas estiverem equipadas com bibliotecas de verdade, sem dúvida o setor educacional estará dando um grande passo rumo ao desenvolvimento e a formação de verdadeiros cidadãos, que adquirirão conhecimento, desenvolverão melhor sua criticidade e estarão aptos a transformar o mundo em que vivem.
*Artigo apresentado à disciplina Métodos e Técnicas de Pesquisa da 3ª fase do curso de Biblioteconomia-Hab. em Gestão da Informação UDESC no ano de 2005.

Nenhum comentário: