segunda-feira, outubro 27, 2008

Serviço de Referência e Informação


Há alguns dias, aqui mesmo, eu fiz um questionamento. Afinal, o bibliotecário é um guardião ou disseminador da informação? Por questões óbvias, a resposta deveria ser que ele é um disseminador de informação, que seu objetivo principal é possibilitar o acesso dos usuários à ela. Infelizmente essa não é a realidade atual em todas as unidades de informação (UI), alguns profissionais ainda preferem se ater apenas ao processamento técnico. De que adianta ter o material tratado na estante, se ele não é utilizado por seus usuários?

Por isso gostaria de falar sobre o Serviço de Referência e Informação - SRI. Segundo Macedo (1990)*, o serviço de referência e informação, consiste na assistência pessoal aos usuários, abrangendo desde a resposta a uma indagação aparentemente simples até o fornecimento de informação apoiada em busca bibliográfica. Neste processo é estabelecido um tripé entre usuário, informação e bibliotecário.

Hoje mais do que nunca as UI precisam possibilitar que o SRI aconteça para que a informação circule e o acesso a ela aconteça de forma efetiva, afinal todo cidadão tem direito à informação. Infelizmente, muitas bibliotecas nem se quer oferecem esse serviço ainda. Bibliotecários, nós não passamos quatro anos na academia aprendendo apenas a tratar a informação, nós somos orientados, acima de tudo, a disseminá-la e a auxilitar os pesquisadores, estudiosos, pessoas comuns a acessarem e fazerem uso desse insumo tão precioso, a INFORMAÇÃO.

Portanto gostaria de clamar por bibliotecário mais consciênte de que biblioteca não é lugar de depósito de livros, mas sobretudo local de DISSEMINAÇÃO DA INFORMAÇÃO.

*MACEDO, Neusa Dias de. Princípios e reflexões sobre o serviço de referência e informação (continua). Revista brasileira de biblioteconomia e documentação, São Paulo, v. 23(1/4):9-37, jan./dez. 1990.

Nenhum comentário: