domingo, dezembro 21, 2008

IV Seminário de Integração Profissional Sistema de Bibliotecas - SIBI/UFPR

No dia 05/12/2008 eu e os demais colegas do SIBI/UFPR participamos do IV Seminário de Integração Profissional Sistema de Bibliotecas - SIBI/UFPR. Foi-nos proposto um dia para integração profissional e discussão de temáticas atuais e importantes para o dia a dia de qualquer profissional que pretende se manter no mercado de trabalho. Assiti a palestras muito interessantes e que podem despertar inúmeras discussões e reflexões. Foram as seguintes:

"Estratégia e inovação: rompendo com a letargia" - Profº. Dr. João Carlos da Cunha

"Qualidade em serviços: satisfação do cliente" - Profª Dr. Denise M. W. Carvalho

"Sistema de gestão com ênfase no conhecimento: um diferencial competitivo" - Profº. Msc. Joel Souza e Silva

Gostaria de destacar parte da fala do Profº. Dr. João Carlos da Cunha que trouxe uma temática muito atual e que é do meu interesse. Ele falou de conhecimento, inovação e da importância desses conceitos do dia a dia de todo profissional. Gostei muito da frase dita por ele: "O conhecimento é o novo motor da sociedade".

Ele apontou dados alarmantes. A Universidade é apontada por pesquisadores e empresas em 5º lugar como fonte de informação tecnológica. Algo que precisa ser refletido e sem dúvidas é preciso tomar uma atitude em todas as universidades brasileiras, afinal, para onde vai todo o conhecimento criado dentro da universidade?

Quando falou sobre inovação ele afirmou que a mesma pressupõe erro e que tem como característica a melhoria contínua. Erram aqueles que acreditam que inovar é acertar na primeira tentativa. Afirmou que em qualquer organização o número de pessoas dispostas a inovar é de aproximadamente 3%, enquanto 80% ficam em cima do muro e 17% são os "assassinos de idéias". E geralmente os assassinos de idéias são aqueles que estão no poder.

Infelizmente essa é uma realidade cruel, em apenas 1 ano de profissão já pude vivenciar essa dura realidade. Geralmente os recém graduados são aqueles que vão para o mercado de trabalho com todo o gás, dispostos a compartilhar tudo o que aprenderam, mas são os mais podados, sem dó nem piedade. São rotulados como "imaturos", "sonhadores" entre outros títulos. Mas será que não se perde aí uma grande oportunidade de adquirir novos conhecimentos, compartilhar experiências, ensinar e aprender?!?!?

Temos essa dura realidade sim, mas também temos aquelas organizações que já reconhecem no capital humano o seu maior bem, a sua fórmula de sucesso. Existem sim, organizações que buscam a melhoria contínua e reconhecem em seus colaboradores, sejam jovens ou não, recém graduados ou profissionais experientes, uma oportunidade de criação e compartilhamento de conhecimentos. Felizmente, também pude vivenciar essa realidade em 1 ano de profissão.

Termino com a frase, também apresentada pelo Profº. Dr. João Carlos da Cunha:
"É necessário transformar a sociedade do conhecimento em uma janela de oportunidades"

Nenhum comentário: