segunda-feira, julho 20, 2009

Bibliotecas na sociedade em rede, sustentabilidade e políticas públicas

Essa foi a primeira vez que tive a oportunidade de ouvir uma palestra do Profº. Emir Suaiden. Em sua Palestra Magna ele falou muito sobre o acesso à informação e o que ele possibilita à sociedade.

Afirmou que o acesso à informação possibilita o fim do desequilíbrio social. Alertou sobre a importância da formação do novo bibliotecário e a necessidade de uma formação voltada para as questões sociais.

Abordou questões relacionadas à sociedade do conhecimento, ao novo usuário, à revolução tecnológica e às redes sociais. Falou da necessidade de um olhar mais apurado para as políticas públicas e consequentemente para as bibliotecas públicas e escolares, pois somente dessa forma será possibilitado o acesso à informação de forma efetiva.

Gostaria de destacar a seguinte questão levantada pelo palestrante: "Por que não temos uma política de informação"? Eis algumas das respostas:

  • Crescimento desordenado;
  • Caos informacional;
  • Elevado custo;
  • Invisibilidade;
  • Dificuldade de integração (redes);
  • Exclusão cognitiva.

Você identifica algum outro motivo para a não existência de uma política de informação no Brasil?

Nenhum comentário: