quarta-feira, agosto 20, 2014

Gestão do Conhecimento em Bibliotecas Universitárias



Participei do I Workshop de Gestão do Conhecimento (GC) em Bibliotecas Universitárias (BU) nos dia 6 e 7 de agosto de 2014, organizado pela BU da UFSC. O evento era voltado para gestores de BUs e minha colega Suzana Zulpo Pereira e eu fomos representar o Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal do Paraná (SiBi/UFPR), já que há alguns anos propusemos o Programa de Gestão do Conhecimento (PGC) do SiBi/UFPR que vem sendo desenvolvido com o auxílio dos servidores desse sistema.

A dinâmica do primeiro dia foi de palestras e relatos de pesquisa em BUs. Nesse dia ouvimos a revisão de conceitos e a contextualização da gestão do conhecimento no ambiente das BUs. Nada muito novo, para nós que já havíamos escutado sobre o tema.

Apresentação das considerações do Grupo Focal A

A temática e a dinâmica dos trabalhos do segundo dia foram surpreendentes e muito produtivas. A bibliotecária da UFSC e doutoranda do Programa de Engenharia e Gestão do Conhecimento da mesma universidade, Roberta Moraes de Bem, apresentou o tema de sua tese, uma proposta de Framework de Gestão do Conhecimento para Bibliotecas Universitárias: GC@BU. Após a apresentação os participantes foram divididos em três grupos focais para avaliar e apresentar sugestões para o Framework, formado por três módulo: coordenação de gestão do conhecimento, recursos de conhecimento, espaços de aprendizagem/conhecimento.

Cada um dos módulos apresenta indicadores que auxiliam na medição da GC em BUs. Particularmente, a discussão nos grupos focais foi a mais produtiva, pois, compartilhamos experiências e discutimos a visão de cada um sobre a GC em BU.

Destaco que, a partir dessas discussões, mudei minha visão sobre a GC. A Prof. Dr. Delsi Fries Davok, quem foi minha professora na graduação, explicou que a GC é um novo modelo de gestão que deve ser defendido, colocado em prática e coordenado pelo Gestor da biblioteca, sistema ou rede de bibliotecas. Esse fator é o grande diferencial de uma gestão baseada no conhecimento e, vejo que essa visão diferenciada pode fazer toda a diferença. Até hoje, em meus estudos e leituras sempre entendi a GC como algo inerente à gestão de qualquer organização. Mas, muitos estudos mostram a GC como algo paralelo à gestão.  

Pude perceber a GC em diferentes patamares, não voltado somente para o conhecimento interno da organização. Discutimos muito que em uma BU, é imprescindível gerenciar o conhecimento da organização, bem como a estrutura que apoia esse modelo de gestão. Essa é uma discussão que poder ser levada longe e render muitas pesquisas e aplicação nas unidades de informação.

Reunião do Grupo Focal A
Foi extremamente gratificante perceber que o Programa de Gestão do Conhecimento (PGC) do SiBi/UFPR não está pecando em nada no quesito conhecimento interno. Precisamos apenas reunir esforços para tornar uma realidade todas as práticas de GC e melhorar cada vez mais o compartilhamento de conhecimento na organização.

Nenhum comentário: