quinta-feira, março 02, 2017

Gallagher Law Library - University of Washington

Eu trabalho em uma biblioteca acadêmica jurídica há oito anos e sempre foi uma ótima experiência. Apesar de trabalhar em uma biblioteca, esse espaço precioso é um dos meus lugares favoritos para visitar quando estou viajando. Em minha experiência como pesquisadora visitante (Fulbright / CAPES scholarship) na University of Washington (UW), conhecer as bibliotecas do campus é uma das minhas atividades favoritas. Por isso, gostaria de apresentar minhas impressões sobre a Gallagher Law Library, uma das dezoito bibliotecas da UW.

Entrada da Gallagher Law Library
Como a maioria das bibliotecas, o horário de atendimento varia conforme o calendário acadêmico da universidade. A equipe é formada por 20 bibliotecários que atuam nos mais diversos setores: referência, organização da informação, desenvolvimento de coleções, circulação de materiais, etc. É importante destacar que todos esses profissionais são bibliotecários e, muitos deles também são graduados em Direito. É preciso destacar que o sistema de ensino nos EUA é diferente do brasileiros e as exigências para as mais diversas posições como bibliotecário em bibliotecas jurídicas são diferentes. A maioria das posições exige formação (mestrado na maioria das vezes) em Library Science. 

Entrada do Prédio do Curso de Direito da UW
O prédio do curso de Direito é muito moderno e bonito, a Gallagher Law Library fica no subsolo e tem uma ótima estrutura. Há muitas mesas para estudo em grupo, cabines de estudo individual, espaço para digitalização de documentos e cópia. 

Prédio do Curso de Direito da UW
Diferente das outras bibliotecas que já visitei na UW, esta tem alguns espaços destinados exclusivamente aos alunos do curso de direito. Eu destaco o Law Student Lounge, com paredes de vidro, sofás, computadores e mesas. É um espaço aconchegante de interação para os alunos de direito. É possível entrar utilizando o cartão de estudante e, somente os alunos do Curso de Direito estão autorizados.

Law Student Lounge
Cabines de estudo individual exclusivas para os alunos de Direito
Ao analisar os serviços oferecidos não identifiquei grandes contrastes com o que oferecemos no Brasil. Por exemplo, na Biblioteca de Ciências Jurídicas da UFPR também disponibilizamos scanners para o usuário digitalizar seus documentos. A diferença é que não temos um equipamento tão bom quanto o disponibilizado na Gallagher Law Library. Entre os serviços, eu destacaria que a Gallagher Law Library empresta, além dos materiais tradicionais: laptops, carregadores de computador, telefone e tablet, frisbee.

Copy Alcove
Destaco a estrutura e o conforto da biblioteca, há espaço para o crescimento do acervo, a entrada da biblioteca e os móveis são muito bonitos. Como a maioria das biblioteca americanas, é possível comer e beber dentro da biblioteca, por isso, muitas pessoas passam o dia lá dentro pesquisando, estudando, etc. Veja o bebedouro abaixo, dentro da biblioteca.

Bebedouros no interior da Biblioteca
Visão geral da Biblioteca
Gosto muito de conversar com docentes e alunos que conhecem bibliotecas fora do Brasil, é sempre uma troca valiosa. Entretanto, é muito frustrante quando docentes e alunos brasileiros têm experiências magníficas no exterior e retornam para o Brasil fazendo comparações rasas entre as bibliotecas estrangeiras e as bibliotecas brasileiras. Às vezes, não tem coerência com relação às comparações que estabelecem e, não quero dizer que não devemos observar e utilizar boas práticas, mas, sempre é preciso considerar a quantidade de recursos (humanos, financeiros, tecnológicos, etc) disponibilizados nos diferentes contextos.

Particularmente, algo que me chama muito a atenção nessa biblioteca é o mural, algo muito simples e comum em bibliotecas. Na Gallagher Law Library o mural é tão bem planejado que é impossível não chamar a atenção antes de entrar na biblioteca. Abaixo uma foto de uma parte do mural com indicações de leituras sobre diversidade.

Mural da Gallagher Law Library
A Gallagher Law Library é sem dúvidas uma referência para outras bibliotecas jurídicas.

Nenhum comentário: